TEMPLO DE AXÉ

Conheça um pouco da

Nossa História

No dia 29 de setembro de 2023, foi fundado o Templo de Axé e assim foi iniciado a jornada nos princípios da Umbanda. O processo de transformação do espaço que agora abriga o nosso templo envolveu intensos trabalhos de planejamento, reforma e adaptação, para assim garantir o necessário para atendimento ao público.

Os Dirigentes do nosso templo iniciaram a jornada na religião desde jovens, trilhando uma longa trajetória. Após cumprirem suas obrigações espirituais, mergulharam profundamente no estudo e na prática da Umbanda. Após muitos anos de aprendizado dedicado, tiveram a honra de estabelecer o Templo de Axé.

Um templo não se mantém de portas abertas ou em tese não deveria se manter para a ostentação da vaidade e da soberba pessoal. É essencial que o templo seja estabelecido com os fundamentos adequados para permitir a dissipação e transmutação de energias benéficas na casa e durante as giras.

Portanto, a índole, a maturidade e o caráter daqueles que o administram precisam estar alinhados com os princípios fundamentais da Umbanda: amor, humildade e caridade.

O objetivo principal do nosso templo é acolher e apoiar as pessoas, proporcionando-lhes um sentimento de pertencimento e conforto. Reconhecemos que cada espírito tem sua jornada única e entendemos que tanto nas dificuldades quanto nas demonstrações de amor, encontramos valiosos ensinamentos que contribuem para nossa evolução espiritual.

Esta casa presta homenagem a importantes entidades espirituais, entre as quais se destacam Caboclo Cobral Coral e o Preto Velho Pai Joaquim, notáveis guias comandantes do Templo de Axé.

Como é o nosso

Método de Trabalho

Nossa casa trabalha com as setes linhas da Umbanda e nossos trabalhos são realizados as terças-feiras com a mesa branca e todas as quintas feiras sendo cada gira com uma linha diferente; Baianos, Boiadeiros, Caboclos, Ciganos, Erês, Exus, Malandros, Marinheiro, Pretos Velhos e Pombagiras.

Em nossa casa espiritual, seguimos rigorosamente a Lei do Amor e a Lei da Umbanda. Portanto, você não encontrará práticas como previsões do futuro, amarrações de qualquer natureza ou sacrifícios animais em nossos rituais. Entretanto, respeitamos profundamente a ancestralidade e as religiões irmãs que incorporam esses elementos em seus fundamentos. Acreditamos que a cura do próximo é essencial para nossa própria cura, e que estamos em constante processo de aprendizado.

Apesar de sermos um terreiro, como umbandistas, incorporamos em nossas práticas os princípios ensinados pelo Caboclo das Sete Encruzilhadas: “A manifestação do espírito em prol do amor e da caridade”.

Para compreender verdadeiramente quem somos e como fazemos, é necessário vivenciar nossa experiência. Convidamos você a nos visitar pessoalmente e descobrir por si mesmo.

Caboclos

São uma das principais categorias de entidades espirituais reverenciadas e incorporadas durante as cerimônias religiosas.

Preto Velho

São entidades espirituais que ocupam um lugar de destaque e respeito, aconselhando espiritualmente, passes energéticos, limpezas espirituais e curas

Mesa Branca

É uma referência a um tipo específico de trabalho espiritual que visa a cura, a proteção e o equilíbrio espiritual dos praticantes.

CONHEÇA AS NOSSAS

AÇÕES SOCIAIS

O nosso compromisso social é de acolher com amor e compaixão as necessidades do nosso entorno e juntos, mudar o mundo e transformar vidas, promovendo ações e práticas que beneficiem a comunidade, a sociedade e o meio ambiente.